14/10/2013 16:04

/ Última Atualização 14/10/2013 16:06

Leslie Cia

Comida congelada também pode ser muito saborosa

Veja essas dicas para tirar o melhor proveito das refeições que você guarda no freezer e pode consumir sem perder o sabor e os nutrientes

portal liberal.com.br

Shutterstock

Deixar o alimento armazenado no freezer sempre é um ponto de interrogação para muitas pessoas. Afinal, compromete a qualidade da refeição? Os nutrientes são ou não preservados? E, o sabor, continua o mesmo após o descongelamento? É bem verdade que faz duas décadas que o freezer foi inventado, mas fala sério: Você também não fica na dúvida se o alimento congelado continua saudável para o consumo da família?

Então vejamos algumas dicas. Primeiro é bom esclarecer que existe um consenso entre os nutricionistas que lugar de congelar alimentos não é no congelador e sim no freezer. Isso porque a temperatura média do congelador é de - 6º C, enquanto no freezer os produtos ficam armazenados a cerca de 18º C.

Em recente entrevista à Viva Saúde, a nutricionista Denise Schirch explicou que "congelar é um jeito excelente de preservar alimentos, ao mesmo tempo em que suas vitaminas e sais minerais são conservados". Porém, ela fez questão de esclarecer que a qualidade da comida congelada está diretamente relacionada ao manuseio antes e depois do processo de congelamento.

O que pode ser congelado

Carnes
Peixes
Aves
Massas
Pães
Tortas
Pizzas
Legumes
Sopas
Bolos
Mousses
Docinhos
Salgadinhos
Pratos prontos
Receitas pré-prontas.

O que não deve ser congelado

Frutas frescas
Ovo com casca
Maionese
Chantilly
Iogurte
Banana
Pera
Verdura de folha
Pudins
Tomate
Batata
Pepino
Salsão
Queijos cremosos
Macarrão sem molho
Cremes

Para acertar no congelamento

SAL. Use menos que o habitual, porque as comidas congeladas costumam acentuar mais o sal. Isso também vale para outros temperos.

COZIMENTO. O ideal é cozinhar menos os alimentos que pretende congelar, já que na hora de descongelar/aquecer o prato acaba cozinhando mais um pouco.

O AR. Você já deve ter ouvido falar sobre a importância de tirar o máximo possível o ar da embalagem. Essa prática deve ser adotada tanto para potes quanto para saquinhos e filmes plásticos.

QUANTIDADE. Lembre-se que uma vez descongelada a comida não pode passar por novo processo de congelamento, então congele os alimentos nas porções adequadas para o uso diário. Acontece que ao ser descongelado o alimento volta a sofrer a ação de bactérias e germes.

CREME DE LEITE. Receitas preparadas com creme de leite não devem ser armazenadas no freezer. Coloque esse ingrediente depois de descongelar (na hora de servir).

QUENTE NÃO. A regra válida para a geladeira também deve ser aplicada no freezer: não coloque alimentos quentes para congelar. Nesse caso espere esfriar ou acelere esse processo colocando a vasilha dentro de um recipiente com água e gelo.

Cada tipo de alimento pode ficar congelado por um período variável, confira:

12 MESES
> Carnes prontas

10 MESES
> Berinjela
> Cenoura
> Brócolis

8 MESES
> Vegetais adquiridos congelados em embalagens plásticas
> Mandioca descascada, crua e cortada em pedaços
> Aspargos
> Palmito
> Alcachofra

6 MESES
> Aves cruas (frango, pato, peru)
> Camarão cru
> Alho descascado e cebola (deixe descongelar dentro da geladeira)

3 MESES
> Aves cozidas, assadas ou fritas
> Fígado de galinha
> Carnes empanadas
> Bacon e presunto
> Lasanha

2 MESES
> Bolos
> Salsichas

45 DIAS
> Pães

O envio de qualquer comentário
é de responsabilidade do usuário.